• AXL:

  • Price:

    $6,99

  • 0,36 (-4,90%)

  • Day High:

    $7,28

    Day Low:

    $6,95

AXL:

Price:

$6,99

Day High:

$7,28

0,36 (-4,90%)

Day Low:

$6,95

Investor News

Notícias para Investidores

14/05/2024

Momentos marcantes: AAM lança a SmartBar®

A AAM foi fundada há 30 anos com base no compromisso com a qualidade, a liderança tecnológica e a excelência operacional. Nossa ênfase em liderança tecnológica significa que estamos sempre buscando projetar soluções que estabeleçam novos padrões de segurança, desempenho e sustentabilidade. É por isso que criamos a tecnologia SmartBar® da AAM em 1999 e por isso que ela continua sendo uma parte importante do nosso portfólio de produtos.

A SmartBar é uma barra estabilizadora de desconexão, comumente conhecida como barra estabilizadora— um produto projetado para melhorar a estabilidade de um veículo em altas velocidades. Ao dirigir agressivamente em uma curva, a SmartBar estabiliza o carro, proporcionando melhor estabilidade ao puxá-lo para baixo e ajudando a distribuir a carga em curvas. Ela revolucionou o conceito de estabilidade do veículo e desempenho off-road, estabelecendo um novo padrão tanto para entusiastas automotivos quanto para fabricantes. A SmartBar surgiu como a primeira solução do mercado em sua categoria, sendo um divisor de águas na evolução da tecnologia off-road.

O conceito original da SmartBar foi concebido em 1999 e patenteado em setembro de 2000. Ele surgiu da necessidade da #TeamAAM de melhorar a pilotagem e a tração off-road usando um conjunto de desconexão do eixo dianteiro produtivo (para o GM Trailblazer) aplicado a uma barra estabilizadora. A equipe testou o protótipo da SmartBar extensivamente, incluindo testes no autódromo Grattan Speedway de Michigan no início dos anos 2000.

Naquela época, os três grupos de engenharia da AAM que trabalhavam na tecnologia eram defensores dos dispositivos controlados eletronicamente e do desenvolvimento de uma organização que fosse capaz de criar software e desenvolver tais dispositivos para integrá-los aos veículos modernos. Isso não era muito comum nesse setor da indústria tradicional de eixos mecânicos naquela época, já que a eletrônica era usada apenas em motores e certas transmissões com controles de software.

O projeto da SmartBar possibilitou que os veículos em que ela foi instalada se adaptassem perfeitamente a diferentes condições de condução, garantindo um desempenho ideal, independentemente do terreno. A função normal de uma barra estabilizadora típica é restringir o movimento lateral da suspensão a fim de melhorar a condução e reduzir a rolagem da carroceria do veículo em curvas. No entanto, isso teve apenas efeitos negativos na suspensão do veículo ao dirigir em baixas velocidades ou em situações off-road. Aperfeiçoando esse projeto padrão, a SmartBar poderia ser programada para aliviar essa concessão entre on-road e off-road.

A importância da SmartBar vai além de seus recursos técnicos. Ela representa uma mudança de paradigma na engenharia automotiva, desafiando as noções tradicionais de estabilidade e controle. Ao permitir que os veículos mantenham a tração em terrenos acidentados e superem com facilidade obstáculos off-road desafiadores, a SmartBar redefiniu os limites do que é possível ao volante.

Olhando para o futuro, a tecnologia SmartBar da AAM continua estabelecendo novos padrões 25 anos depois, em meio a um ressurgimento do interesse na indústria automotiva. Muitas empresas líderes do setor já estão adotando a tecnologia SmartBar à medida que se aventuram no mercado de veículos elétricos com foco na capacidade off-road, e a #TeamAAM está pronta para firmar parceria com essas líderes e fornecer POTÊNCIA com essa tecnologia.

Ao refletirmos sobre a jornada de 30 anos da AAM, a SmartBar se destaca como uma prova do nosso compromisso com a inovação e a missão de Trazer o Futuro Mais Rápido.

Momentos Marcantes da AAM é uma série mensal que celebra e reflete sobre as principais conquistas ao longo dos 30 anos de história da AAM. Desde inovações que são divisores de águas e avanços tecnológicos até programas fundamentais e iniciativas comunitárias que fazem parte do DNA da AAM, esses Momentos Marcantes vão contar, cada um, uma parte importante da história da AAM. 

03/05/2024

A AAM divulga os Resultados do Primeiro Trimestre de 2024

DETROIT, 3 de maio de 2024 – American Axle & Manufacturing Holdings, Inc. (AAM), (NYSE: AXL) divulgou hoje os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2024. 

Primeiro trimestre terceiro trimestre de 2024

  • Vendas de US$ 1,61 bilhão
  • Lucro líquido de US$ 20,5 milhões ou 1,3% das vendas
  • EBITDA ajustado de US$ 205,6 milhões ou 12,8% das vendas
  • Lucro diluído por ação de US$ 0,17; lucro por ação ajustado de US$ 0,18
  • Caixa líquido fornecido por atividades operacionais de USD 17,8 milhões; fluxo de caixa livre ajustado de USD 21,4 milhões

“A AAM começou bem o ano de 2024, registrando um sólido desempenho financeiro no primeiro trimestre, impulsionado por volume e mix melhores do que o esperado e melhoria sequencial no desempenho geral da AAM. Com apenas um trimestre encerrado, vamos manter nossa perspectiva inalterada por enquanto, mas esses resultados certamente nos dão confiança adicional em nossa orientação para o ano inteiro”, disse David C. Dauch, presidente e CEO da AAM. “A longo prazo, à medida que a indústria reavalia as soluções de propulsão, a AAM continuará a desenvolver um portfólio de produtos robusto e agnóstico para nossos negócios de driveline e usinados a fim de oferecer suporte às necessidades de powertrain do setor.”

As vendas da AAM no primeiro trimestre de 2024 foram de USD 1,61 bilhão, em comparação com USD 1,49 bilhão no primeiro trimestre de 2023. As vendas do primeiro trimestre de 2024 foram impactadas favoravelmente pelo volume e mix.   

O lucro líquido da AAM no primeiro trimestre de 2024 foi de USD 20,5 milhões, ou USD 0,17 por ação e 1,3% das vendas, em comparação com o prejuízo líquido de USD 5,1 milhões, ou USD 0,04 por ação e 0,3% das vendas, no primeiro trimestre de 2023. 

O lucro por ação ajustado no primeiro trimestre de 2024 foi de USD 0,18, em comparação com o prejuízo por ação ajustado de USD 0,01 no primeiro trimestre de 2023.   

No primeiro trimestre de 2024, o EBITDA ajustado foi de US$ 205,6 milhões, ou 12,8% das vendas, em comparação com US$ 175,4 milhões, ou 11,7% das vendas, no primeiro trimestre de 2023. 

O caixa líquido da AAM fornecido por atividades operacionais no primeiro trimestre de 2024 foi de USD 17,8 milhões, contra USD 32,1 milhões no primeiro trimestre de 2023. 

O fluxo de caixa livre ajustado da AAM no primeiro trimestre de 2024 foi de USD 21,4 milhões, em comparação com USD 17,1 milhões no primeiro trimestre de 2023. 

Perspectiva Financeira da AAM para 2024

As metas financeiras da AAM anteriormente declaradas para o ano inteiro de 2024 permanecem inalteradas. Essas metas são as seguintes:   

  • A AAM está esperando vendas entre US$ 6,05 e US$ 6,35 bilhões.
  • A AAM tem a meta de um EBITDA ajustado na faixa entre US$ 685 milhões e US$ 750 milhões.
  • A AAM projeta um fluxo de caixa livre ajustado na faixa de USD 200 a USD 240 milhões. Essa meta pressupõe um gasto de capital de aproximadamente 4% a 4,5% das vendas.

Essas metas se baseiam nas seguintes pressuposições para 2024:

  • Produção de veículos leves na América do Norte de aproximadamente 15,8 milhões de unidades.
  • Estimativas de produção da AAM dos principais programas que apoiamos.
  • Cronogramas atuais de lançamento de clientes e ambiente operacional.

Primeiro trimestre sobre o terceiro trimestre de 2024

Uma teleconferência para analisar os resultados da AAM referentes ao primeiro trimestre está agendada para hoje, às 10h no fuso horário do Leste (ET). Os participantes interessados podem ouvir a teleconferência ao vivo acessando o site de investidores da AAM em http://investor.aam.com ou ligando para (877) 883-0383 dos Estados Unidos ou (412) 902-6506 de fora dos Estados Unidos com o código de acesso 9770147. Um replay estará disponível uma hora após a conclusão da chamada, até 10 de maio de 2024, discando (877) 344-7529 dos Estados Unidos ou (412) 317-0088 de fora dos Estados Unidos. Ao ser solicitado, deve ser fornecido o código de acesso ao replay, 9444230.

Informações financeiras não-GAAP

Além dos resultados relatados de acordo com os Princípios Contábeis Geralmente Aceitos nos Estados Unidos da América (GAAP), incluídos neste comunicado à imprensa, a AAM forneceu certas informações, as quais incluem medidas financeiras não-GAAP, tais como EBITDA ajustado, lucros (prejuízo) por ação ajustados e fluxo de caixa livre ajustado. Essas informações são conciliadas com a medida GAAP mais diretamente comparável, em conformidade com as regras da Comissão de Valores Mobiliários e estão incluídas nos dados anexos suplementares.

A certeza das medidas financeiras prospectivas incluídas neste comunicado de resultados é fornecida de acordo com uma base não-GAAP. Uma conciliação de medidas financeiras prospectivas não-GAAP com as medidas financeiras prospectivas mais comparáveis diretamente calculadas e apresentadas em conformidade com o GAAP foram fornecidas. Os montantes nestas conciliações estão baseados nas nossas estimativas atuais e os resultados reais podem ser materialmente diferentes dessas estimativas prospectivas por muitas razões, incluindo transação baseada em eventos e outros itens operacionais não essenciais e os efeitos relacionados em qualquer período futuro, cuja magnitude pode ser significante.

A diretoria acredita que essas medidas financeiras não-GAAP são úteis para a diretoria, investidores e instituições bancárias nas suas análises dos negócios e desempenho operacional da AAM. A diretoria também usa estas informações para os propósitos de planejamento operacional e tomada de decisão.

AS medidas financeiras não-GAAP não são e não devem ser consideradas como uma substituta para qualquer medida GAAP. Além disso, as medidas financeiras não-GAAP, conforme apresentadas pela AAM podem não ser comparáveis a outras medidas com nomes similares, reportadas por outras empresas.

Definição de medidas financeiras não-GAAP

A AAM define o lucro (prejuízo) ajustado por ação como sendo o lucro (prejuízo) diluído por ação, excluindo o impacto dos custos de reestruturação e aquisição, do refinanciamento e resgate de dívidas, de ganhos ou perdas não realizados títulos de capital próprio, dos encargos de restrições e liquidações previdenciárias e de itens não recorrentes, incluindo o efeito fiscal sobre eles.  

A AAM define EBITDA como lucro antes de despesas de juros, imposto de renda, depreciação e amortização. O EBITDA ajustado é definido como EBITDA sem o impacto dos custos de reestruturação e aquisição, do refinanciamento e resgate de dívidas, de ganhos ou perdas não realizados em títulos de capital próprio, dos encargos de restrições e liquidações previdenciárias e de itens não recorrentes.

A AAM define fluxo de caixa livre como o caixa líquido fornecido pelas atividades operacionais, menos despesas de capital líquidas das receitas, advindos da venda de propriedades, plantas e equipamentos. O fluxo de caixa livre ajustado é definido como fluxo de caixa livre excluindo o impacto de pagamentos em dinheiro relacionados aos custos de reestruturação e aquisição e pagamentos à vista relacionadas à Malvern Fire, incluindo pagamentos para despesas de capital, líquido.

Descrição da Empresa

Como fornecedor global líder de automóveis e mobilidade nível 1, a AAM (NYSE: AXL) projeta, desenvolve e fabrica tecnologias de driveline e metal forjado para dar suporte a veículos elétricos, híbridos e de combustão interna. Com sede em Detroit e mais de 80 instalações em 18 países, a AAM étrazendo o futuro com mais rapidez pensando em um amanhã mais seguro e sustentável. Para saber mais, acesse aam.com.

Declarações Prospectivas

Neste relatório de resultados, fazemos declarações a respeito de nossas expectativas, crenças, planos, objetivos, metas, estratégias e eventos ou desempenho futuro. Tais declarações são "declarações prospectivas" no significado da Lei de Reforma de Contencioso de Títulos Privados de 1995 e estão relacionadas a tendências e eventos que podem afetar nossa posição financeira e resultados operacionais futuros. Os termos como verbos no futuro, "deve", "pode", "deveria", "planeja", "acredita", "espera", "antecipa", "pretende", "projeta", "visa" e palavras ou expressões similares, assim como declarações no futuro, têm a intenção de identificar declarações prospectivas. As declarações prospectivas não devem ser interpretadas como uma garantia de desempenho ou resultados futuros e não serão necessariamente indicações precisas do momento em que tal desempenho ou resultados serão alcançados. As declarações prospectivas são baseadas em informações disponíveis no momento em que estas declarações são feitas e/ou em que de boa fé a diretoria acredita naquele momento nos eventos futuros e estão sujeitas aos riscos e podem diferenciar-se materialmente daquelas expressas ou sugeridas pelas declarações prospectivas. Fatores importante que poderiam causar tais diferenças podem incluir, mas não estão limitados a: condições econômicas globais, incluindo o impacto da inflação, recessão ou preocupações recessivas, ou crescimento mais lento nos mercados em que operamos; compras reduzidas de nossos produtos pela General Motors Company (GM), Stellantis N.V. (Stellantis), Ford Motor Company (Ford) ou outros clientes; nossa capacidade de responder a mudanças na tecnologia, aumento da concorrência ou pressões de preços; nossa capacidade de desenvolver e produzir novos produtos que reflitam a demanda do mercado; aceitação de mercado menor do que a esperada para produtos novos ou existentes; nossa capacidade de atrair novos clientes e programas para novos produtos; redução da demanda pelos produtos de nossos clientes (especialmente picapes leves e veículos utilitários esportivos (SUVs) produzidos pela GM, Stellantis e Ford); riscos inerentes às nossas operações globais (incluindo tarifas e suas possíveis consequências para nós, nossos fornecedores e nossos clientes e seus fornecedores, mudanças adversas em acordos comerciais, como o Acordo Estados Unidos-México-Canadá (USMCA), conformidade com regulamentações alfandegárias e comerciais, políticas de imigração, estabilidade política ou conflitos geopolíticos, impostos e outras mudanças na lei, possíveis interrupções de produção e fornecimento e flutuações nas taxas de câmbio); escassez de oferta e a disponibilidade de gás natural ou outras fontes de combustível e serviços públicos em determinadas regiões, escassez de mão de obra, incluindo aumento dos custos de mão de obra, ou aumentos de preços de matéria-prima e/ou frete, serviços públicos ou outros suprimentos operacionais para nós ou nossos clientes como resultado de pandemia ou epidemia, como a COVID-19, conflitos geopolíticos, desastres naturais ou outros; uma interrupção significativa nas operações em uma ou mais de nossas principais instalações de fabricação; riscos inerentes à transição de nossos negócios de produtos para veículos com motor de combustão interna para produtos para veículos elétricos; nossa capacidade de obter as receitas esperadas de nossa nova provisão de negócios incremental; consequências fiscais negativas ou inesperadas, inclusive as resultantes de litígios fiscais; riscos relacionados a uma falha em nossos sistemas e redes de tecnologia da informação, incluindo aplicativos baseados em nuvem, e riscos associados a ameaças tecnológicas atuais e emergentes e danos causados por vírus de computador, acesso não autorizado, ataques cibernéticos e outras interrupções semelhantes; a capacidade de nossos fornecedores, de nossos clientes e de seus fornecedores de manter relações trabalhistas satisfatórias e evitar ou minimizar paralisações de trabalho; o custo ou a disponibilidade de financiamento para capital de giro, despesas de capital, pesquisa e desenvolvimento (P&D) ou outras finalidades corporativas gerais, inclusive aquisições, bem como nossa capacidade de cumprir com os compromissos financeiros; a disponibilidade de financiamento de nossos clientes e fornecedores para capital de giro, despesas de capital, P&D ou outras finalidades corporativas gerais; redução do valor de nosso ágio, de outros ativos intangíveis ou de ativos de longa duração, se as condições de nossos negócios ou do mercado indicarem que os valores contábeis desses ativos excedem seus valores justos; passivos decorrentes de reclamações de garantia, recall de produtos ou ações de campo, responsabilidade do produto e processos judiciais dos quais somos ou podemos nos tornar parte, ou o impacto do recall de produtos ou ações de campo sobre nossos clientes; nossa capacidade, ou a capacidade de nossos clientes e fornecedores, de lançar com sucesso novos programas de produtos em tempo hábil; riscos de questões ambientais, incluindo impactos de eventos relacionados ao clima, que poderiam resultar em problemas ou custos imprevistos em nossas instalações, ou riscos de não conformidade com leis e regulamentos ambientais, incluindo danos à reputação; nossa capacidade de manter relações trabalhistas satisfatórias e evitar paralisações de trabalho; nossa capacidade de consumar e integrar com sucesso aquisições e joint ventures; nossa capacidade de atingir o nível de redução de custos necessário para manter a competitividade global de custos ou nossa capacidade de recuperar determinados aumentos de custos de nossos clientes; nossa capacidade de obter as receitas esperadas de nossa provisão de negócios nova e incremental; volatilidade de preços ou disponibilidade reduzida de combustível; nossa capacidade de proteger nossa propriedade intelectual e defender com sucesso contra afirmações feitas contra nós; mudanças adversas em leis, regulamentos governamentais ou condições de mercado que afetem nossos produtos ou produtos de nossos clientes; nossa capacidade ou a capacidade de nossos clientes e fornecedores de cumprir com os requisitos regulamentares e os possíveis custos de tal conformidade; mudanças de passivos decorrentes de obrigações de pensão e outros benefícios pós-reforma; nossa capacidade de atrair e reter pessoal qualificado em posições e funções importantes; e outros eventos e condições imprevistas que possam prejudicar nossa capacidade de competir. Não é possível prever ou identificar todos estes fatores e não temos compromisso em atualizar qualquer declaração prospectiva ou de divulgar quaisquer fatos, eventos ou circunstâncias após a data deste que podem afetar a precisão de qualquer declaração prospectiva.

#  #  #

Para obter mais informações:

Contato com investidores

David H. Lim                                                                                 
Diretor de relações com os investidores             
(313) 758-2006                                                                                            
david.lim@aam.com

Contato na imprensa

Christopher M. Son
Vice-presidente de marketing e comunicação
(313) 758-4814
chris.son@aam.com

Ou acesse o site da AAM emwww.aam.com.

  • Equipe de gestão experiente e comprovada
  • Negócio central forte com foco em produtos de alta demanda, complementado por oportunidades globais de crescimento lucrativo
  • Estrutura de custos flexível e variável com um histórico comprovado de ajustar efetivamente nossos negócios à demanda atual do mercado
  • Margem de lucro superior e forte rendimento de fluxo de caixa livre impulsionado pelo sistema operacional da AAM e o benefício da integração vertical
  • Tecnologias de propulsão de eletrificação altamente inovadoras e escaláveis ​​projetadas para acelerar o crescimento e atender a várias regiões, clientes e segmentos de veículos